lgo hiléia alta [135]
Pesquisar
Close this search box.
dicas para voce para equilibrar a alimentacao infantil

5 dicas para você equilibrar a alimentação infantil

Dicas
27 de janeiro de 2022

A alimentação infantil é um assunto que merece a total atenção dos pais. Afinal, ingerir comidas saudáveis e ricas em vitaminas está diretamente ligado ao desenvolvimento dos pequenos. 

Contudo, saber escolher os melhores alimentos e, mais do que isso, fazer com que as crianças os consumam ainda é uma dificuldade constante.

Para você ter uma ideia, de acordo com a Pesquisa de Alimentação Saudável, 55% dos pais enfrentam dificuldades para fornecer uma alimentação saudável aos filhos. Da mesma maneira, 92% dos pais afirmaram que estão preocupados com o que os filhos consomem.

Você também tem essa dificuldade?

Então, continue a leitura deste conteúdo. Neste artigo, vamos apresentar 5 dicas para você se inspirar e conseguir equilibrar a alimentação infantil. Boa leitura!

 

1. Seja criativo nas receitas

Use toda a sua criatividade na hora de fazer e montar os pratos dos pequenos. 

Por exemplo: digamos que você já tenha oferecido cenoura cozida e a criança não gostou. Então, é hora de fazer diferente: faça um bolo, um suflê ou até mesmo misture a cenoura na massa da panqueca. 

Ao usar a criatividade em receitas diferentes, você estará dando mais chances para a criança adaptar o paladar aos alimentos saudáveis.

Outra dica essencial é inovar na hora de montar os pratos. Ao invés de dispor os alimentos normalmente no prato, faça desenhos. Afinal, uma refeição divertida faz toda a diferença!

Você também pode convidar as crianças para auxiliarem no preparo dos alimentos. Essa é outra forma diferente e criativa de apresentar a comida e criar um laço de amor entre eles. 

 

2. Seja o exemplo dos seus filhos

As crianças, principalmente quando mais pequenas, têm nos pais o seu maior exemplo. Portanto, se elas percebem que a mãe faz cara feia para o brócolis ou o pai não gosta de espinafre, é natural que elas também não queiram experimentar ambos.

Por isso, seja o maior exemplo do seu filho e insira alimentos saudáveis no cardápio dele e no seu também. Assim, a tendência do pequeno comer será bem maior. 

 

3. Respeite os horários das refeições

Criança tem muita energia e gosta mesmo é de brincar. Essa vida ativa é fundamental para desenvolver hábitos saudáveis. 

Porém, muitos pais acabam deixando a criança pular as refeições porque os pequenos falam que não estão com fome — quando, na verdade, estão eufóricos com as brincadeiras e não querem parar de brincar.

Então, é importante fazer com que a criança lave as mãos, sente e desfrute de todas as refeições na companhia da sua família — tanto café, quanto almoço, janta e lanches.

Além de estimular bons hábitos alimentares, é um momento para socializar e ficar longe dos aparelhos digitais.

Comer com calma, mastigar direito e experimentar novos sabores nas refeições é uma ótima ideia para estimular bons hábitos na alimentação infantil.

 

4. Não troque o alimento por guloseimas

— Se você comer tudo o que está no prato, vai ganhar um chocolate de sobremesa!

Na esperança de fazer com que os pequenos comam os alimentos saudáveis, muitos pais acabam oferecendo guloseimas. 

Dessa forma, a criança começa a encarar as refeições como obrigações e sempre na esperança de ganhar um agrado depois. 

Então, é importante estimular uma alimentação saudável, não trocando sempre por guloseimas.

Claro que as guloseimas e os lanches menos saudáveis podem fazer parte da rotina da criança. Porém, é essencial se preocupar com os excessos e não utilizar os doces como “moeda de troca”.

Lembre-se: quando o assunto é alimentação infantil, equilíbrio é tudo!

 

5. Não faça comentários desnecessários sobre o comportamento e alimentação infantil 

É natural que as crianças não gostem de determinados alimentos na primeira vez que os provarem. 

Mesmo assim, os pais devem diversificar a forma de preparo e ofertá-los novamente em novas oportunidades. 

O que não pode acontecer é os pais fazerem comentários ruins sobre a criança caso ela não coma o alimento.

Afinal, essa negatividade pode ser prejudicial para o desenvolvimento da criança e, além disso, pode fazer com que ela realmente não queira mais comer alimentos saudáveis.

Agora que você conferiu algumas dicas importantes para equilibrar a alimentação infantil, que tal preparar um bolo especial para o lanche da tarde? Conheça as vantagens da mistura para bolo Hiléia. Você vai se surpreender!

[Catálogo] Para saber mais informações sobre os produtos, baixe o nosso catálogo agora! | Baixar catálogo | Hiléia