lgo hiléia alta [135]
Pesquisar
Close this search box.
whatsapp image 2021 02 22 at 17.02.15

Dicas Hiléia Para a Volta às Aulas 2021

Hiléia e você
25 de fevereiro de 2021

O ano letivo já começou. Seja de forma remota, presencial ou híbrida (revezando entre casa e escola), a volta às aulas têm sido motivo de tensão para algumas famílias brasileiras. Em alguns casos, o motivo da preocupação são as dificuldades de manter as crianças por mais um tempo indeterminado dentro de casa. Em outros, é justamente o medo de colocar a saúde da família em risco por causa da volta das escolas em sistema presencial. 

No estado do Pará, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc-PA), por enquanto, decidiu manter as aulas à distância por meio da campanha Todos em Casa Pela Educação. Ainda não temos previsão de volta à normalidade, infelizmente. Os riscos da pandemia ainda são altos e os protocolos de segurança devem ser mantidos, sem relaxamento. 

Diante desta situação, reunimos 5 dicas para ajudar você a lidar com esses desafios. Leia com atenção e tenha fé que as coisas vão melhorar! 

1. Mantenha firmeza na rotina 

Depois do período de férias é normal as crianças e adolescentes sentirem dificuldades de voltar à rotina. Na verdade não é fácil pra ninguém, né mana? Mas a boa e velha disciplina é sempre uma boa aliada para ajudar a melhorar os resultados na escola e na educação como um todo. Neste caso, fique atenta aos seguintes pontos: 

  • Horários: como na rotina de aula presencial, é importante ter um horário certo para acordar, tomar café da manhã, se vestir e estar pronto para o início das aulas com pelo menos 5 minutinhos de antecedência. 
  • Material escolar: certifique-se que todos possuam em mãos o material escolar correspondente a cada aula do dia. A organização é muito importante para favorecer a concentração e a aprendizagem do aluno.  
  • Roupas: não permita que as crianças assistam às aulas ou passem o dia de pijamas. Se facilitar sua vida, elas podem usar a própria farda da escola para assistir às aulas online, por que não? 
  • Supervisão: crianças pequenas precisam de supervisão durante as aulas online, pelo menos nas primeiras semanas ou até que elas se sintam seguras para seguirem sozinhas. Já as maiores podem se sentir invadidas se houver alguém vigiando-as. Deixe-as mais à vontade, mas fique de olho, afinal é muito mais fácil “matar aula” dentro de casa, com as distrações eletrônicas tão acessíveis o tempo todo. 

2. Cultive o diálogo com os filhos 

É muito importante reservar um tempo do dia para perguntar como eles estão se sentindo em relação à escola, se estão com dificuldades, oferecer ajuda ou simplesmente uma escuta. Se crianças e adolescentes já precisavam normalmente do acompanhamento da família em seus estudos, em tempos de pandemia esse cuidado deve ser redobrado.  

3. Reforce a necessidade de atenção às medidas sanitárias

 Se os seus filhos estão saindo de casa para atividades escolares ou extraescolares, pendure um frasquinho de álcool em gel na mochila ou na roupa para que eles se lembrem sempre de higienizar as mãos e superfícies. Ah! Não custa reforçar que não pode trocar de máscara com os amiguinhos (isso tem acontecido bastante entre as crianças!). 

4. Fale sempre a verdade

É preciso manter os filhos informados com o máximo de sinceridade. Não crie falsas expectativas dizendo que em breve eles voltarão à escola ou que neste ano haverá festa de aniversário com os amiguinhos. Reforce sempre que a pandemia vai passar, que já temos vacinas, e que agora precisamos só de um pouco mais de paciência. Em outras palavras, não prometa o que não tem certeza que poderá cumprir (isso vale para qualquer situação). 

5. Garanta a merenda! 

A hora do recreio continua sagrada, então é importante que o aluno saia da frente do computador para fazer aquele lanche gostoso e descansar um pouco a mente. Um leite com Achocolatado Kids com Biscoitos Hiléia ou Skilhos é o suficiente para dar uma dose de energia extra para o resto da jornada de estudos! Mas lembre-se: se na escola não é permitido comer durante as aulas, em casa também não deve ser. Uma boa rotina de alimentação é muito importante para a saúde física e mental, cada coisa tem sua hora!