lgo hiléia alta [135]
Pesquisar
Close this search box.
dia nacional do biscoito

Dia Nacional do Biscoito: confira algumas curiosidades sobre esse alimento

Biscoitos
20 de julho de 2023

O Dia Nacional do Biscoito é comemorado no Brasil em 20 de julho. Essa data foi estabelecida em homenagem à culinária brasileira e à importância dos biscoitos na cultura gastronômica do país.

A origem específica dessa celebração é um tanto incerta, mas acredita-se que surgiu como uma forma de valorizar e promover a diversidade de biscoitos na culinária nacional.

Assim, os biscoitos têm uma longa história no Brasil, remontando à época colonial, quando eram preparados em padarias, conventos e casas particulares. 

Com o passar do tempo, diferentes regiões desenvolveram as próprias receitas e especialidades de biscoitos. Dessa maneira, resultou em uma grande variedade de sabores, texturas e formatos.

Que tal aprender mais algumas curiosidades sobre o Dia Nacional do Biscoito? Continue conosco!

 

O Dia Nacional do Biscoito celebra a tradição culinária brasileira e valoriza os pequenos produtores

O Dia Nacional do Biscoito celebra a tradição culinária brasileira e valoriza os pequenos produtores

O Dia do Biscoito é uma oportunidade para apreciar a rica tradição culinária e explorar a criatividade e habilidade dos padeiros e confeiteiros brasileiros. 

Portanto, é uma data em que as pessoas são incentivadas a experimentar diferentes tipos de biscoitos, seja comprando em lojas especializadas, preparando em casa ou, até mesmo, compartilhando receitas tradicionais entre amigos e familiares.

Além disso, a celebração do Dia Nacional do Biscoito serve como uma oportunidade para promover o comércio local e valorizar os pequenos produtores — muitas vezes responsáveis por receitas artesanais e autênticas. 

Dessa maneira, é uma ocasião para reconhecer o trabalho dos profissionais e a importância dos biscoitos, não apenas como uma iguaria saborosa, mas como parte da identidade cultural do Brasil.

 

Existe uma disputa pelo nome certo: biscoito ou bolacha?

Qual é o nome certo: biscoito ou bolacha?

Essa questão é um tanto quanto polêmica e varia de região para região.

Por exemplo, em algumas regiões do Brasil (como RS, PR, SC, SP e AP), o termo “bolacha” é mais comum. Já, em estados como RJ, CE, BA e PA, predomina o uso de “biscoito”.

No entanto, é importante ressaltar que não há uma resposta universalmente correta para essa pergunta. 

A distinção entre “biscoito” e “bolacha” pode variar conforme as tradições culinárias e os costumes linguísticos de cada lugar. Em outras palavras, a escolha entre os termos depende do contexto e da preferência local. 

 

O biscoito é considerado uma das receitas mais antigas do mundo

Desde a antiguidade, diversas civilizações já produziam versões primitivas de biscoitos. 

Acredita-se que os egípcios foram os primeiros a desenvolver uma forma rudimentar da iguaria, que consistia em uma mistura de farinha e água assada no sol para criar uma espécie de bolo seco.

Ao longo dos séculos, diferentes culturas aprimoraram a receita básica do biscoito, adicionando ingredientes como mel, frutas-secas, especiarias e fermento. 

Assim, os biscoitos se tornaram populares por serem duráveis, fáceis de transportar e servir como uma fonte de alimento energético.

Com a evolução das técnicas de panificação e o surgimento de novos sabores, os biscoitos ganharam ainda mais popularidade ao redor do mundo. 

Então, tornaram-se um lanche versátil, presente em diferentes culturas e adaptados aos gostos locais.

 

Dia Nacional do Biscoito: ele é um dos alimentos mais versáteis

A versatilidade do biscoito decorre de várias características, como sua durabilidade, praticidade e variedade de sabores e texturas.

Primeiramente, os biscoitos têm uma longa vida útil quando comparados a outros alimentos perecíveis, como pães ou frutas.

Assim, eles podem ser armazenados por um período prolongado sem perder a qualidade.

Portanto, são uma opção conveniente para viagens, lanches rápidos ou situações em que a refrigeração não é possível.

Além disso, os biscoitos vêm em uma ampla variedade de sabores e texturas. Afinal, existem biscoitos:

  • doces;
  • salgados;
  • crocantes;
  • macios;
  • recheados;
  • amanteigados;
  • de chocolate.

Então, a diversidade permite que os biscoitos atendam aos diferentes gostos e preferências das pessoas, proporcionando uma experiência gastronômica variada.

Além disso, eles são extremamente versáteis em termos de consumo. Isso porque podem ser consumidos sozinhos como um lanche rápido, acompanhados de chá, café ou leite.

Também podem ser utilizados como:

  • base para sobremesas;
  • massas de torta ou base de cheesecake;
  • cobertura para sorvetes;
  • incorporados em receitas de bolos, trufas, pavês;
  • e muitas outras preparações culinárias.

Então, sua capacidade de se adaptar e complementar uma ampla variedade de ingredientes e preparações culinárias faz do biscoito um ingrediente versátil em muitas receitas.

> Você também pode gostar de ler: 5 sobremesas com biscoito recheado

 

Existe diferença entre biscoito cream cracker e água e sal?

A quantidade de gordura utilizada é o principal fator distintivo entre o biscoito cream cracker e o de água e sal.

O cream cracker contém cerca de 16% de gordura, tornando-o mais crocante e macio, enquanto o de água e sal tem apenas 7% de gordura. 

Gostou de aprender algumas curiosidades sobre o Dia Nacional do Biscoito?

Que tal continuar aprendendo mais sobre o assunto?

Leia também: Dia do Biscoito: receitas com as rosquinhas Kicks para fazer com a criançada. Até o próximo conteúdo!