lgo hiléia alta [135]
Pesquisar
Close this search box.
black friday em supermercados

Black Friday em supermercados: como aumentar as vendas

Gestão
14 de novembro de 2023

A Black Friday é uma campanha anual que acontece no país todo. O objetivo é que ofertar promoções e descontos aos consumidores, criando um movimento de muitas vendas no comércio. Portanto, a Black Friday em supermercados é oportunidade para vender mais!

A ideia deste conteúdo é trazer as principais estratégias para esse segmento. Até porque a nova edição, promete: a intenção de compra de itens de mercado na Black Friday cresce a cada ano, diz uma plataforma de e-commerce para supermercados.

Por que participar da Black Friday em supermercados

A chance de aumentar as vendas é uma ótima resposta, com certeza. Porém, a Black Friday em supermercados traz outras vantagens, como o aumento de competitividade e a fidelização de clientes. Veja alguns dos principais benefícios da data comercial!

Concorrência

Conforme relatório da Olist, 68,8% das lojas dizem que pretendem vender mais durante a edição deste ano. “Os dados comprovam que a Black Friday no Brasil gera um sentimento de otimismo na maioria das empresas”. 

Além disso, o número de participantes aumentou para este ano. A pesquisa diz que as lojas formalizadas que participarão da nova edição chega a 88,5%. Isto é, uma alta de 6% com relação ao ano passado. E o seu supermercado não pode ficar para trás nessa corrida!

Consumo

Se estar no páreo da concorrência é um dos motivos para participar do evento, saiba que a chance de se beneficiar de aproveitar o momento também é. A Olist diz que 50% do público afirma que vai gastar mais de R$ 500 durante a campanha brasileira.

Aliás, como nos Estados Unidos, onde o evento teve origem, aqui no Brasil também se criou a cultura da Black Week. Ou seja, o dia da Black Friday se estende por mais dias, acumulando e prorrogando as promoções do comércio.

Por isso, há alguns anos também tem se notado eventos complementares, que abrangem um período ainda maior. A Black Month ou Black November é um exemplo. Logo, com força na campanha, o seu supermercado pode vender bem por mais dias.

Objetivos

Além do objetivo central de aumentar as vendas, o investimento nessa data especial para o comércio também traz, automaticamente, outros benefícios. Entre eles, a captação de novos clientes para a loja ou a fidelização dos que já compraram no supermercado.

Na atualidade, mesmo com os impulsos da internet, as pessoas continuam comprando a partir de recomendações. O “boca a boca” funciona — e funciona bem!

Por isso, aumentar as vendas vai além de faturar mais no curto prazo. É sobre ganhar credibilidade, também.

As melhores dicas para aumentar as vendas na Black Friday

As melhores dicas para aumentar as vendas na Black Friday

A Black Friday é uma ótima oportunidade para aumentar as vendas e fechar os últimos meses do ano com saldo positivo. Mas como fazer? 

Ainda que não exista uma receita de bolo ou resposta única, existem estratégias que dão certo. Confira!

Preço

O mesmo estudo mencionado acima, da Olist, diz que o preço continua sendo um elemento decisivo para que os consumidores (63,5%) comprem. 

Inclusive, o ranking lista outros fatores imprescindíveis para o comprador:

  • O percentual do desconto (e não apenas o valor em reais),
  • A qualidade do produto que está em promoção; e
  • O frete (tanto com relação ao valor quanto ao prazo).

Portanto, não deixe de ter um bom mix de produtos nas suas prateleiras. Apresentar novas marcas aos consumidores também funciona.

Nesse momento, as pessoas estão mais abertas ao novo e, inclusive, experimentar novos itens pode gerar resultados incríveis nos negócios.

Aprenda como testar novas marcas no supermercado

O comportamento de quem produz é um dos fatores que mais influenciam os compradores. Uma pesquisa da Edelman mostrou isso: 46% dos consumidores experimentaram novas marcas devido à forma que responderam a determinados temas, como sustentabilidade.

Pagamento

É muito comum que os supermercados aceitem variados meios de pagamento, como o cartão de crédito, o PIX e assim por diante. 

No entanto, nem sempre parcelam as compras em meses ou dão desconto para pagamentos no PIX (que não tem taxas bancárias).

Talvez, dependendo do seu negócio e objetivo, essa pode ser uma alternativa viável para acontecer nesse dia, semana ou mês. Afinal, melhora a experiência dos consumidores. O parcelamento, por exemplo, permite que comprem em valores mais altos.

E quer saber a importância disso? Uma pesquisa feita com 1.000 pessoas indica que 64% dos consumidores deixam de comprar em um lugar se não tiverem o meio de pagamento preferido. E 51% diz que usa os novos meios para testes, quando são lançados.

Campanha

Se o seu supermercado ou rede vai entrar no evento, faça isso de maneira atrativa. A campanha pode ser interessante de diversas formas. 

As promoções são necessárias, mas isso não quer dizer apenas 50% de desconto em um produto.

É possível pensar em estratégias inteligentes menos comuns. Por exemplo, kits de produtos com desconto. 

Assim como a ideia do desconto progressivo, para compras de duas ou mais unidades. Ou a possibilidade de criar ações de fidelização do cliente.

Até porque, conforme publicação da Globo, as pessoas continuam comprando em lojas físicas. E, entre os principais motivos:

  • 33% diz que é por conta do frete caro do e-commerce;
  • 30% porque gosta de ver os produtos fisicamente; e
  • 20% porque não vê diferença nos preços das lojas online.

Categorias

No comércio, a venda de produtos de alta demanda é algo atrativo para quem comercializa tais itens. Para supermercados, mais ainda. O mês de novembro antecede Natal e Réveillon. Ou seja, temos aqui um indicativo dos melhores produtos, como as bebidas.

No entanto, existem itens necessários para o dia a dia que sempre representam vendas, como as fraldas para bebês. 

Na parte da alimentação, os itens da cesta básica são fundamentais em qualquer época do ano, como o macarrão, o arroz e o feijão.

Essa tendência vem desde o ano passado, conforme pesquisa da Associação Paulista de Supermercados (APAS) e divulgação da Terra. “A cesta básica foi a que teve maior aumento na pretensão de compra na Black Friday, com alta de 23,4%”.

Estoque

A verdade é que pensar no estoque é algo que deve acontecer durante o ano todo e não somente na Black Friday. Mas, com foco no curto prazo, vale a pena criar uma estratégia que considere um estoque mais rápido e com mais pessoas trabalhando, por exemplo.

Ainda considerando esse espaço, use o mês de novembro como forma de incentivar a venda de mercadorias que não tiveram boa saída ainda ou próximas ao vencimento. Mais do que isso, esse pode ser o melhor momento para testar novas marcas.

As melhore formas de armazenar produtos em supermercados

É importante avaliar que a falta de opções de produtos de uma mesma categoria é um fator que passa uma impressão ruim para quem compra no seu mercado. Isso pode significar a perda de vendas, assim como a insatisfação do cliente.

Lucro

Se a sua ideia é aumentar as vendas na Black Friday, pense em uma ideia simples: diminuir lucro. Especialmente, se outros índices aumentarem, como do ticket médio e da quantidade de vendas, por exemplo. Por isso, as promoções podem valer a pena.

Para isso, faça a precificação correta de cada uma das mercadorias. Existem fatores que precisam ser contabilizados, como o valor pago, os custos do frete e assim por diante. O importante é entender que o evento, se bem-feito, pode gerar caixa para seu mercado.

Com base em informações do Banco24Horas, a Black Friday da edição passada rendeu mais de R$ 6 bilhões em vendas. 

Para este ano, 7 em cada 10 brasileiros devem comprar, mostrando um índice maior que da última edição. 

Marketing

E como não poderia ficar para trás, o marketing. Seja o seu supermercado apenas físico, online ou omnichannel; as ações precisam aparecer na internet. Os consumidores estão nesse lugar, seja por meio de redes sociais, no Google e até mesmo no e-mail e WhatsApp.

Uma ideia pode ser patrocinar alguns posts durante essa semana, um diferencial para se destacar frente aos concorrentes. Mas, lembre-se de avaliar bem essa hipótese, que exige estudo, conhecimento do público, entre outras variáveis.

Além disso, podemos mencionar o marketing que não é online. Por exemplo, como o seu mercado está organizado para receber os consumidores? A exposição de produtos é importantíssima durante esses dias para vender mais.

Bônus: atendimento durante a Black Friday em supermercados

Antes de terminar a leitura, um tópico bônus. Todo comércio deve se atentar ao atendimento ao cliente. Inclusive, quando se fala em Black Friday em supermercados. O motivo é que esse é um requisito cada vez mais importante para os consumidores.

É comum a movimentação de pessoas aumentar durante a campanha, o que pode gerar falhas. Por exemplo, filas para passar no caixa ou até mesmo a falta de produtos. Mas, se tem algo que o consumidor não tolera, é um atendimento ruim, com falta de empatia.

Para isso, a solução é investir sempre no treinamento de colaboradores, assim como em uma cultura que realmente preze pelo cuidado com as pessoas.

Durante esses dias, novos compradores estarão conhecendo seu estabelecimento – e os antigos também. Ambos querem se sentir em casa, à vontade e serem bem-atendidos. E essa melhor experiência do cliente fará muita diferença no futuro do seu negócio.

Para ver outras dicas como essas sobre as vendas em mercados, leia nossa revista online.

Clique e acesse a Revista Hiléia!