lgo hiléia alta [135]
Pesquisar
Close this search box.
análise de mercado o que é como fazer

Análise de mercado: o que é + como fazer

Gestão
21 de maio de 2024

A coleta, cadastramento e atualização de informações é fundamental para acertar nas tomadas de decisões em qualquer empresa. Esse é o principal objetivo da análise de mercado, que permite compreender demandas, tendências e oportunidades

Também importa saber que o processo deve acontecer por meio de métodos criteriosos, considerando os fatores relevantes para o negócio. Continue lendo para saber mais sobre o conceito, a importância e como realizar a análise de mercado.

O que é análise de mercado?

A definição de análise de mercado é: processo que levanta dados importantes para um negócio. E aí vem as variações: pode ser focada em um segmento, para empresas novas ou já existentes, por meio de várias ferramentas, assim por diante.

Uma analogia para entender essa análise é considerar como um diagnóstico médico. Sendo assim, é possível levar em conta o primeiro passo de um processo que passa por:  necessidades dos pacientes, melhores medicações e tratamentos mais viáveis. 

Ou seja, a análise de mercado é a primeira etapa até a melhor tomada de decisão:

  • Entender as tendências e oportunidades;
  1. Encontrar as melhores soluções e
  2. Tomar decisões mais assertivas.

 

Uma das principais vantagens é que esse estudo de tendências e oportunidades é que ele pode acontecer ainda no plano de negócio, como uma medida preventiva para evitar as enfermidades, ou melhor, os riscos de falhas e fracassos. 

Assim como pode ser ótimo para descobrir se uma ideia é viável, resultando no lançamento de um novo produto no mercado, por exemplo.

Também vale a pena observar que essa análise vai ao encontro da cultura data driven, isto é, possibilita uma visão mais realista do mercado porque é baseada em informações reais e confiáveis

Observe esse cenário: empreendedores que têm ótimos intuitos ao abrir uma empresa, inclusive, com experiência e carreiras consolidadas. No entanto, será que o novo negócio será um sucesso? A análise de mercado permite chegar mais perto da resposta certa!

O mesmo para um mini mercado que não pode ter um grande estoque disponível, tão pouco ter a falta de itens na prateleira. Neste caso, para uma melhor gestão das mercadorias, uma saída é analisar o mercado através da pesquisa e obter dados mais confiáveis.

E pesquisa de mercado?

Um erro comum é confundir a análise de mercado com a pesquisa de mercado. São termos complementares, mas não o mesmo. Veja, de modo resumido, as diferenças:

  • Pesquisa de mercado: processo de coletar e analisar dados;
  • Análise de mercado: interpretação e avaliação dos dados coletados.

> Logo, a pesquisa fornece os dados e a análise os transforma em informações

Além disso, é válido saber que existem outras ferramentas para a coleta de dados além da pesquisa de mercado. Entre as alternativas atuais, temos:

  • Análise de dados secundários;
  • Análise de tendências de consumo;
  • Análise de segmentação de mercado;
  • Outras técnicas de análises (SWOT, CVP, Forças de Porter);
  • Entrevistas com especialistas do setor.

Neste conteúdo, o nosso foco não é explicar cada uma delas, mas mostrar como podem gerar dados confiáveis e importantes para a tomada de decisão. Afinal, esse é um dos conceitos da análise de mercado.

Qual a importância da análise de mercado?

importância da análise de mercado

A importância da análise de mercado se prova por meio dos benefícios que traz para as empresas de todos os portes e segmentos. Algumas das principais razões para investir nessa metodologia, conforme o Sebrae, são:

  • Permite entender o potencial de um mercado;
  • Ajuda a conhecer melhor o público-alvo;
  • Identifica as oportunidades de crescimento;
  • Indica tendências e necessidades de consumo;
  • Gera conhecimento sobre os concorrentes;
  • Possibilita ser mais assertivo nas decisões.

Mas, o que tudo isso indica na prática, no dia a dia, no longo prazo de supermercados, mercados e minimercados? O Sebrae, já mencionado antes, traz outros dados sobre este segmento, destacando, inclusive:

> “[…] Um dos setores que mais cresce no país”.

E, unindo a informação desse tipo de negócio com a análise de mercado, temos: “a combinação perfeita entre a oportunidade para empreender e a necessidade mercadológica. Esse modelo tem características bem importantes para a operação”.

Portanto, a análise tem relação com isto: entender oportunidades e necessidades do mercado, assim como as próprias características das operações. Até porque existe um tipo de “perfil de empreendimentos lucrativos” dessa modalidade, relacionado à:

  • Estrutura;
  • Serviços e produtos;
  • Finanças e fornecedores.

Após a leitura deste tópico, podemos concluir que há um ganho incrível em competitividade, especialmente, com relação à organização (estruturação de processos e metas) e inovação (oportunidades de soluções novas e modernas para os consumidores). 

Como fazer análise de mercado?

Apesar de não existir um único passo a passo para criar uma análise de mercado, há pontos em comum em quase todos os tutoriais, veja abaixo.

Objetivo da análise

A primeira ação importante é ter um objetivo claro para essa análise. O que pode ser uma das razões mencionadas nos tópicos anteriores, como entender o tamanho do mercado, identificar oportunidades ou avaliar concorrentes.

Mercado-alvo

Em um segundo momento, é necessário entender qual será o público-alvo, o que inclui ter informações relacionadas à localização, perfil, interesses e assim por diante.

Coleta de dados

As pesquisas de mercado são algumas das formas mais comuns de coletar dados para criar a análise, porém, não é a única. Vale a pena estudar as alternativas, como entrevistas com especialistas. O mais importante é ter fontes confiáveis para ser mais preciso.

Análise de dados

Após ter os dados coletados, chegou a hora de analisá-los de maneira criteriosa, visando o objetivo traçado antes. É interessante e favorável investir na criação de gráficos e tabelas para demonstrar os dados de maneira transparente e dinâmica.

Criação de relatórios

Com a coleta e análise de dados, vem os relatórios. Esses documentos devem conter, especialmente, as conclusões e recomendações do estudo. O ideal é que seja claro e com sugestões específicas para as futuras decisões.

Revisão periódica

O documento criado não deve ser engessado, nem eterno. O ideal, ao contrário disso, é que sejam feitas revisões periódicas para garantir a precisão e relevância das informações. Logo, vale a pena coletar novos dados e avaliar as mudanças mercadológicas.

A análise de mercado na gestão de mercados

análise de mercado na gestão de mercados

A gestão de empresas é fundamental para que qualquer negócio tenha sucesso. Neste viés, a análise de mercado estudada aqui surge como ferramenta para embasar os resultados positivos, criando processos para coleta e interpretação de informações.

Mesmo após mencionar tantos benefícios dessa estratégia, considere outros pontos interessantes da sistemática, agora com foco na gestão:

  • Melhora a compreensão do mercado com base em informações;
  • Permite desenvolver produtos, serviços e soluções mais direcionadas;
  • Reduz drasticamente o risco de falhas e, possivelmente, falências;
  • Possibilita otimizar as estratégias de marketing e vendas;
  • Garante tomadas de decisões mais rápidas e assertivas.

Portanto, vale a pena conhecer e usar a análise de mercado na sua gestão. Ao ter dados confiáveis e valiosos na sua mesa, o seu estabelecimento se tornará mais competitivo a partir de ações mais estratégicas