lgo hiléia alta [135]
Pesquisar
Close this search box.
alimentacao na gravidez

Alimentação na gravidez: hábitos saudáveis para as futuras mamães

Hábitos alimentares
14 de março de 2023

A alimentação na gravidez é um assunto de extrema importância para a saúde da mãe e do bebê. 

Afinal, uma alimentação equilibrada, com nutrientes suficientes e variada ajuda a garantir um desenvolvimento saudável do bebê.

Além disso, ajuda a prevenir complicações durante a gestação e promover a recuperação pós-parto da mãe. 

Por outro lado, uma alimentação inadequada pode levar a deficiências nutricionais, ganho excessivo de peso, riscos para a saúde do bebê e complicações durante o parto.

Que tal conferir algumas dicas de alimentação na gravidez? Continue conosco!

 

Aprenda tudo sobre os nutrientes

Mulher negra grávida sentada no chão, segura um copo de leite

Durante a gravidez, o corpo da mulher passa por diversas mudanças para acomodar o crescimento do bebê e garantir seu desenvolvimento adequado. 

Para suprir essas demandas, a alimentação na gravidez deve ser cuidadosamente planejada, garantindo o consumo de nutrientes essenciais. 

Entre os nutrientes mais importantes, destacam-se:

  • ácido fólico: essencial para a formação do sistema nervoso do bebê e para prevenir defeitos do tubo neural;
  • ferro: é importante para a produção de hemoglobina, responsável por transportar o oxigênio pelo corpo e evitar anemia na mãe e no bebê; 
  • cálcio: necessário para a formação dos ossos e dentes do bebê, enquanto as proteínas são fundamentais para o crescimento e seu desenvolvimento;
  • gorduras saudáveis: são importantes para a formação do sistema nervoso e dos tecidos do bebê;
  • vitaminas A, C, D e E: ajudam no desenvolvimento dos tecidos, fortalecem o sistema imunológico e promovem a absorção de nutrientes.

Vale ressaltar que é sempre fundamental buscar a orientação de um profissional de saúde, como um nutricionista ou obstetra, para garantir uma alimentação adequada e saudável durante a gestação.

 

Invista nos cereais integrais para ter uma boa alimentação na gravidez

Os cereais integrais são uma ótima opção para incluir na alimentação durante a gravidez. 

Afinal, eles são ricos em fibras, vitaminas do complexo B e minerais como ferro, zinco e magnésio, nutrientes importantes para a saúde da mãe e do bebê. 

Além disso, os cereais integrais são fontes de carboidratos complexos, que fornecem energia de forma gradual e ajudam a controlar o açúcar no sangue.

Ao escolher os cereais, é importante optar por opções que contenham grãos integrais, como arroz, quinoa, aveia, trigo, entre outros. Estes alimentos são mais ricos em nutrientes e fibras do que as opções refinadas — como arroz ou pão brancos.

Além disso, os cereais integrais também ajudam a prevenir a constipação, um problema comum durante a gravidez devido às mudanças hormonais e ao aumento do volume uterino. 

Lembre-se de que a ingestão adequada de fibras e de água ajudam a manter o trato intestinal saudável e regular.

 

Tenha uma atenção redobrada com os alimentos proibidos

Mulher branca grávida recusa uma taça de vinho

Durante a gravidez, é importante ter cuidado com alguns alimentos e bebidas para garantir a saúde do bebê em desenvolvimento.

Confira algumas recomendações importantes.

  • Álcool: evite completamente o consumo de álcool durante a gravidez, pois o álcool pode causar danos irreversíveis ao bebê e afetar seu desenvolvimento;
  • Cafeína: limite a ingestão de cafeína a 200 miligramas por dia, pois ela afeta o sono e o batimento cardíaco do bebê;
  • Peixes: evite peixes como tubarão, cavala, espadarte e peixe-espada, pois eles têm altos níveis de mercúrio, o que pode afetar o desenvolvimento do cérebro do bebê.
  • Carnes cruas ou malcozidas: evite carne crua ou malcozida, pois elas contêm bactérias como a salmonela e a toxoplasmose;
  • Frutas e legumes não lavados: lave bem as frutas e legumes antes de comê-los, pois eles contêm bactérias ou parasitas que afetam a saúde do bebê.

 

Alimentação na gravidez: coma carne

A ingestão de carne durante a gravidez pode ser benéfica, pois é uma importante fonte de proteínas, ferro, zinco e vitamina B12. 

No entanto, é importante escolher carnes magras e prepará-las adequadamente para garantir a segurança alimentar.

Algumas recomendações importantes são:

  • Escolha carnes magras, como frango, peixe, porco ou bovina magra, e evite opções processadas e embutidos;
  • Certifique-se de que a carne esteja completamente cozida antes de consumi-la, para evitar o risco de infecção alimentar;
  • Lave bem as mãos, utensílios e superfícies de preparação antes de manusear e cozinhar a carne, para evitar a contaminação cruzada;

Se você é vegetariana ou vegana, pode obter proteína e outros nutrientes importantes de fontes vegetais, como feijões, lentilhas, tofu e sementes.

 

Não deixe de lado a suplementação

Mulher branca grávida segura um copo de água e uma embalagem de suplementação vitamínica

A suplementação pode ser necessária durante a gravidez para garantir que a mãe e o bebê recebam todos os nutrientes necessários para um desenvolvimento saudável. 

No entanto, é importante lembrar que a suplementação deve ser feita em conjunto com uma alimentação saudável e equilibrada, e somente após consulta com um profissional de saúde.

Você gostou de aprender um pouco mais sobre a alimentação na gravidez?

Então, continue conosco e confira outros conteúdos interessantes, como este, na Revista Hiléia!